QUEIJADAS DA GRACIOSA

 

No ano de 2003, o INPI atribuiu a Maria de Jesus dos Santos Bettencourt Félix, o registo da marca Queijadas da Graciosa.

O Centro Regional de Apoio ao Artesanato dos Açores certificou a produção como “Unidade Produtiva Artesanal Reconhecida”, tendo reconhecido as Queijadas da Graciosa como “Produto de origem, Qualidade certificada”.

Em março de 2015, as Queijadas da Graciosa receberam o Selo da Marca “AÇORES certificado pela natureza”, tendo sido o primeiro produto da Região a receber esta certificação.

As Queijadas da Graciosa são um doce produzido na “Reserva da Biosfera da Graciosa”, ilha que foi integrada na Rede Mundial de Reservas de Biosfera da UNESCO.

 Queijadas da Graciosa ®, “Produto Açoriano de Qualidade” Certificado atribuído pelo Concelho Mundial das Casas dos Açores, Gravataí Rio Grande do Sul - Brasil